Aguarde

Artista Marilia Chartune - Currículo do Artista

VOCE ESTÁ AQUI: Delphus Galeria Artistas

Marilia Chartune

Nascida em MG, Tocantins, completei meus estudos em Pintura e Restauração na UFRJ e no Rio de Janeiro comecei o trabalho profissional em Feiras de Arte como a de Ipanema e Praça XV e galerias tendo sido inserida no Mercado de Arte através de Leilões e da divulgação de marchands como João Carlos Lopes dos Santos.
Na Europa, iniciei o trabalho em aquarela e pintura de cenas urbanas, seguindo pelo mesmo caminho no Rio de Janeiro em que participando de mostras como Brasil Arte Turismo, pude mostrar em outros estados.

Em Santa Maria, RS abriu um espaço de produção e exposição de pinturas, curso de técnicas variadas.
Foi presidente de Associação de Artistas Plásticos por quatro gestões e atualmente Secretária de Cultura da Cidade Cultura!

Conquistei prêmios, troféus e medalhas em salões nacionais e internacionais e apoio iniciativas das artes como Simpósio Internacional de Escultores e Encontro Internacional de Aquarela criado por mim com o apoio do Sesc.
Influenciada pela técnica da aquarela e por artistas urbanos como Raul Dufy, minha pintura tende ao estilo impressionista e as Cenas de Bares, Ruas e Cafés são inventadas e podem levar a qualquer cidade dentro da imaginação. Obcecado pela luz e movimento de pessoas, imprimo o ideal urbano com espaços de convivência e pessoas caminhando ou de bicicleta.

Marília Chartune é uma aquarelista, dessas que conseguem efeitos mágicos que dão força e movimento a cenas do cotidiano. Uma praça, uma esquina, a calçada de uma rua qualquer, tudo parece criar uma movimentação animada com as aguadas que ela pratica e o resultado é tão poderoso (e lindo) que nos leva a ficar examinando detidamente cada trabalho não verbalizada Aguadas não são completamente controláveis e o artista orienta, direciona, conduz, mas não consegue o controle absoluto, quer dizer, a gente aqui sempre pensou assim, mas parece que Marília Chartune veio para mostrar que a gente não entende nada do assunto, a julgar pelo que ela produz.
Bom, o trabalho é tão meticuloso que somos levados a acreditar que cada obra é produzida muito vagarosamente, com uma dedicação absoluta a cada pormenor.
Acontece que nos 25 anos de carreira, a artista já produziu milhares de obras, como as 500 aquarelas pintadas em apenas 15 dias para atender uma encomenda da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro.